Alexandre, possivelmente por Apeles

Alexandre, possivelmente por Apeles
A natureza polêmica e controvertida da filosofia cética ao longo da história da filosofia é, ao menos em parte, resultado da ambiguidade e imprecisão com que esse termo é continuamente mobilizado. Já Sexto Empírico, médico e filósofo do início da era cristã, principal fonte do ceticismo pirrônico hoje restante, insiste no modo como as usuais “refutações” da filosofia cética baseiam-se numa compreensão precária do que eles disseram. Se a sua retomada no período do Renascimento, como diz Richard Popkin, contribuiu decisivamente para a gestação da assim chamada filosofia moderna, as controvérsias e mal-entendidos apenas se multiplicaram. Não apenas filósofos explicitamente simpáticos ao ceticismo – como Montaigne, Gassendi, Bayle e Hume – o reconstruíram de modos singulares e diversos, como diversos daqueles que pretenderam refutá-lo – como Berkeley ou Kant – são tributários dessa filosofia num grau que por vezes eles mesmos parecem não ter reconhecido integralmente, o que é seguramente muito mais verdadeiro a respeito das leituras usuais dessas filosofias. O objetivo do grupo “Questões sobre a História do Ceticismo” é o de formar e integrar pesquisadores interessados no exame dos contornos problemáticos e desconhecidos da “tradição cética” e de suas consequências. Isso abrange tanto o estudo das diversas versões de ceticismo historicamente dadas, em diversos de seus aspectos: epistemológicos, científicos, morais, políticos e literários, e mesmo a maneira como problematiza radicalmente a própria natureza da filosofia, como suas repercussões diversas ao longo da história da filosofia, inclusive e sobretudo na rejeição do ceticismo.

terça-feira, 31 de maio de 2011

Próximo encontro

Findo o seminário sobre os Acadêmicos, nosso próximo encontro será no dia 9 de junho, às 14h15, com o início da discussão das Sétimas Objeções. A apresentação será feita pelo Márcio Zaboti e os textos estão disponíveis na postagem feita por ele mesmo. Até lá.

sexta-feira, 27 de maio de 2011

Último seminário dos Academica

Queridos alunos,
A solução decidida ontem foi a de fazer esse último seminário no próximo SÁBADO, dia 28/05, às 10h00 da manhã. Nos encontramos no lugar de sempre.

quarta-feira, 25 de maio de 2011

URGENTE

Queridos alunos,
Muito embora eu esteja afastado, fui convidado pela nossa atual chefe do Departamento para participar de uma reunião na quinta-feira à tarde sobre distribuição de vagas de professores. Não posso, em princípio, deixar de atender a esse convite.
Minha sugestão seria a de que nos encontrássemos duas horas em ponto no saguão para conversarmos sobre o que fazer. Estarei aqui nesta sexta e no fim-de-semana. Já estamos adiando demais esse encontro. Se vs tiverem disponibilidade, fazemos ainda nesta semana. Se não, paciência, faremos na próxima vez.
Podemos decidir com base nos que estiverem presentes. Se alguém não puder vir, por favor avise (e indique sua disponibilidade de tempo). De todo modo, a decisão será informada aqui.

Abraços,

segunda-feira, 23 de maio de 2011

Texto Cícero Acadêmicos II - XLII - XLVIII

Aqui está a parte final do Texto de Cícero, Acadêmicos II - XLII - XLVIII (128 - 148).

Até quinta-feira.

quinta-feira, 19 de maio de 2011

Próximo encontro

Caros,
Por algum problema de comunicação (provavelmente meu) não os encontrei hoje à tarde na Filosofia. Sendo assim, realizaremos nosso SEMINÁRIO FINAL sobre os Acadêmicos na quinta que vem, dia 26, às 14h15. Combinado?


 

segunda-feira, 16 de maio de 2011

Link para o texto em latim das Sétimas Objeções e Respostas

Segue abaixo o link para o volume VII das Oeuvres de Descartes Publiées par Adam et Tannery (AT VII).
Esse volume contém o texto original em latim das Meditações e Objeções e Respostas.

AT VII - Internet Archive

E, novamente, os links para a edição inglesa de Cottingham, Stoothoff e Murdoch (CSM II):
CSM II - Megaupload
CSM II - Google Docs